Notícias & Recortes:

-13-11-2017 - H
Devido a algumas contingências não contempladas, nomeadamente atrasos na entrega de manuscritos por parte dos Correios e a necessidade de substituição de um elemento do júri, o prazo de análise estende-se até final de dezembro e a anúncio dos resultados transita para o mês de janeiro de 2018.

A ASSESTA – Associação de Escritores do Alentejo e a Direção Regional de Cultura do Alentejo agradecem, desde já, a todos os admitidos no âmbito do Prémio a melhor compreensão, na certeza de não comprometer a avaliação e trabalho do júri. »»»ver mais

-13/06/2017 - H
Ana Isabel Silva vence PRÉMIO LITERÁRIO “ELA 2017” »»»ver mais

- 27/01/2016 - 21H
Apresentação do livro "Contos ASSESTA", na Biblioteca Municipal de Ourique - Jorge Sampaio. »»»ver mais

-23/01/2016 - 16H
Apresentação pública da ASSESTA, na Biblioteca Municipal de Beja - José Saramago. »»»ver mais

-23/01/2016 - 14H
Assembleia geral da ASSESTA, na Casa da Cultura de Beja (sede).

-23/01/2016 - 10H
Programa "Conversas de Café", na Singafm (104.5FM), dedicado à ASSESTA.



Agenda:

-21 de abril de 2017 - H
Apresentação pública do regulamento do Prémio Literário Joaquim Mestre.

-20 a 22 de abril de 2017 - H
Feira do livro de Cuba, pavilhão de exposições.

- Dia 20 de abril, 14:30 – Aconteceu na igreja do Espírito Santo – Maria Ana Ameixa.

- Dia 22 de abril, 15:00 – apresentação da ASSESTA e tertúlia temática: o associativismo e a literatura – José Teles Lacerda, Luís Miguel Ricardo e Maria Ana Ameixa.

Exposição de livros de autores ASSESTA durante o certame literário.

-2 e 3 de junho de 2017 - H
ELA-Encontros Literários do Alentejo, São Teotónio

 


Os Nossos Escritores

Stevan Lekitsch

 

Stevan Lekitsch é um escritor brasileiro, paulistano, de 44 anos, Bacharel em Comunicação Social pela FAAP (Fundação Armando Álvares Penteado/SP), que escreve desde os 13 anos de idade e reside em Portugal há pouco tempo.

Além de escritor, é jornalista, colunista de revistas e sites, autor teatral, assessor de imprensa, e sempre esteve ligado a tudo que tenha relação com cultura: teatro, cinema, livros, museus, artes visuais, entre outros.

Já deu aulas de teatro e escreveu textos para crianças e adolescentes.

Seu interesse pela literatura infanto-juvenil, claro, vem desde sua infância. Porém, começou a dar mais importância a esse tema quando percebeu o poder de persuasão que os livros possuem sobre as crianças principalmente.

O Mágico de Inox nasceu no ano de 2000 como uma peça teatral que já percorreu diversas cidades brasileiras. Mas foi no contato com a ilustradora Cláudia Stoy, também paulistana, e atualmente moradora na cidade de São Pedro (SP), e com a Editora Chiado que decidiu transformar a história, consagrada no teatro, neste livro que chega às suas mãos agora.


Bibliografia:

 

O MÁGICO DE INOX

Numa época em que se fala muito em preservação do meio ambiente, em se ser ecologicamente correto e em educação ambiental, o livro O Mágico de Inox vem de encontro a todas essas vertentes.

Através de uma explícita releitura ecológica da obra O Mágico de Oz, do escritor norte-americano L. Frank Baum, o livro vai acompanhar a história de Clara, uma menina que, após uma tempestade, desfalece e acorda num lixão. Primeiramente tem de lidar com as implacáveis ratazanas, que se tornam suas inimigas e querem que ela seja mais uma acumuladora de lixo.

Clara, felizmente após conseguir se desvencilhar delas, vai conhecer novos personagens: os Homens de Lata, de Papel e de Plástico que têm um objetivo em comum, chegarem até o Mágico de Inox. Temido e poderoso, ele faz uma mágica chamada “reciclagem”. Clara se une a esses novos amigos para tentar achar o mágico e voltar para casa. Será que eles conseguirão conhecer o Mágico de Inox e realizar seus desejos?

Unindo uma linguagem fácil e acessível com ricas ilustrações, este livro vai apresentar noções importantes sobre reciclagem e ecologia, despertando nas crianças e nos adolescentes o gosto pela preservação do meio ambiente, tão necessário nos dias atuais.

Publicado pela Chiado Editora com ilustrações de Cláudia Stoy, já está disponível em todas as livrarias do Brasil e de Portugal. O livro é indicado para crianças acima de 12 anos de idade, apesar de já estar fazendo sucesso com crianças mais novas.


(Chiado 2016 )